outubro 1, 2009

Resumo

Tendo como base os princípios da reforma psiquiátrica, novos profissionais e recursos terapêuticos entraram em cena para compor o trabalho das equipes de saúde, visando construir outras possibilidades além dos tratamentos médico-centrados

Os objetivos deste artigo são:

– relatar a experiência de extensão universitária de utilização da Capoeira de Angola como instrumento auxiliar no tratamento de pessoas com sofrimento psíquico, usuárias de psicotrópicos, que buscam atenção nos CAPS – Centros de Apoio Psicossocial

– apontar as possibilidades que a Capoeira ofereceu enquanto recurso terapêutico.

 

obs.: este artigo foi publicado na Revista Extensio da UFSC e pode ser baixado em PDF ou MP3 – http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/extensio/article/view/11108

 

Copyleft

creative commonsCópia livre desde que respeitada a autoria. Não permito alterações do conteúdo ou uso para derivar outras obras. Comercialização só com minha prévia autorização.

Obra registrada na Creative Commons by Fabio Veronesi